Free songs
 
 

Requalificação do Edificio do Mercado de Escravos

Município de Lagos

Descrição

Reabilitação do Imóvel de Interesse Público, antigo edifício da Vedoria, Casa da Guarda e Alfândega. O Mercado de Escravos foi o último dos edifícios seiscentistas, de caráter civil e de apoio à Praça Forte de Lagos, a ser construído. Integra-se no mesmo contexto de racionalização dos recursos, e de especialização dos espaços, que deu origem à Oficina do Espingardeiro e ao vizinho Armazém Regimental, mas a sua linguagem arquitetónica e estilística, bem como a diferente projeção e o cuidado posto no lançamento dos seus volumes, colocam-no num lugar bem distinto dos restantes. Ao que uma extensa epígrafe indica, a sua construção deu-se em 1691, por vontade do 2º Marquês de Niza, D. Francisco Luís da Gama, que edificou o Corpo da Guarda "sobre o edifício que primeiramente serviu como venda de escravos, que existia desde o século XV" (PAULA, 1992, p.211).

Janela sobre a praça da República

Janela sobre a praça da República

 Sala do rés do chão

Sala do rés do chão

Sala do 1º andar

Sala do 1º andar

Galeria